15 dic. 2011

Cine: Warlock, el brujo (1989)

En 1691, un hombre es condenado a morir en la hogera, acusado de ser un brujo. Una fuerza misteriosa lo arrebata de su celda y sólo Redferne es testigo de su desaparición, se trata del hombre que le había capturado y que se arroja a la fuerza enigmática, desapareciendo también.

Trescientos años después, el brujo aparece en Los Angeles. Gracias a una medium espiritista, averigua la misión que se le ha confiado: reunir las tres partes del "El Gran Grimoire", libro con el que conseguirá el poder de destruir la tierra.

Redferne emprende una nueva percusión para intentar someter al brujo. Pero los poderes de éste aumentan con los días y la única ayuda que tiene Redferne, es una joven hechizada por aquél.



Fuente:
http://www.filmaffinity.com/es/film380191.html

1 comentario :

  1. Olá amigo! Passando para te cumprimentar e te desejar um ótimo final de semana. Adorei a dica do filme.

    O Natal está chegando, mais um final de ano que aos poucos vai se aproximando, e cada vez mais forte está a minha esperança do dever cumprido neste 2011. Procurei fazer o possível para agradar, tanto com o que postei de terceiros, quanto com as ínfimas baboseiras que criei.

    Hoje estou iniciando uma pausa para descansar um pouco a cuca e a carcaça, analisar os erros e os acertos, e dar uma arrumadinha no nosso humilde espaço, prometendo, se “DEUS” quiser, retornar em janeiro para dar continuidade às atividades.

    Aproveito a oportunidade para apresentar as minhas desculpas àqueles que, de alguma forma, não agradei com as minhas postagens, e agradecer a todos indistintamente, amigos(as) e seguidores(as), pelo carinho, compreensão e, principalmente, pelo grande apoio que é de vital importância neste mundo virtual, esperando no próximo 2012, continuar sendo merecedor dessas ímpares e valiosas companhias. Muito obrigado de coração.

    A todos, um “Maravilhoso NATAL” e um “Fantástico ANO NOVO”, não com fortuna, mas com muitas felicidades.

    “QUE 'DEUS' SEJA LOUVADO”

    Arte & Emoções
    Rosemildo Sales Furtado.

    ResponderEliminar